White rock by Michael Reichmann

branca pedra
por madalena pestana

"Vou-lhe dizer um grande segredo, meu caro. Não espere o juízo final. Ele realiza-se todos os dias." "La Chute" - Albert Camus

Portugal

19 setembro 2005

raios. o hamburger está seco demais

da comida de casa sei que vou ter saudades. do paladar, do aroma dos nossos temperos. já do resto...
não me sinto culpada e queria conseguir. acho que me fazia companhia a culpa. assim lá vou ter de seguir sozinha. mas não é o costume?

que colorida é a pobreza ao olhar do turista!


Mercado Chachagüí by María Ximena Galeano

nunca os vi foi entrar e sentar-se à mesa de nenhuma das casas que mostram depois quando regressam à civilização. e até sei que se tentassem os simples abririam a porta e ofereciam até mais do que tinham. sei.

eu nunca gostei dessa pobreza e quis sair dela desde criança. pronto, aí está a razão tão procurada pelas cabeças dos inúteis que me acusam e apontam o dedo. foi para fugir disso sim!




há pobreza em todo o lado e é feia e triste sempre. não vale a pena enganarem-se. eu não quis enganar-me, quis sair e saí.

"eu bem te avisei que a ambição era um pecado. vez agora a vergonha porque nos fazes passar, filha, vês?"


hipócrita! como se ela não tivesse sabido sempre...

o melhor que faço é tentar dormir. tenho horas de carris pela frente e quero estar acordada para a paisagem de dia. é o bom dos combóios, poder ver.


dreamby Ewa Brzozowska

3 pedradas:

Blogger wind atirou...

:))) A pobreza é algo que não devia existir, mas eu sou uma sonhadora...:) bjs

20/9/05 2:13 da manhã  
Blogger batista filho atirou...

A razão maior das migrações. Sem disfarce. Ao fugir da miséria, o sonho com uma nova realidade... que na maioria das vezes se revela igual ou pior que a situação original.

20/9/05 10:22 da manhã  
Blogger Dizzie atirou...

-Hummm....tanto se poderia decir....
pero que bueno mismo por las ventanas :)

20/9/05 6:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home